domingo, 16 de setembro de 2012

Sérgio Ramirez é o novo treinador do Santa Cruz


Sérgio Ramirez demonstrou confiança para o trabalho que seá iniciado em dezembro
O uruguaio Sérgio Ramirez é o novo treinador do Santa Cruz para o Gauchão 2013. O anúncio foi feito pela direção do clube na tarde desta sexta-feira, 14, no estádio dos Plátanos. "Chegamos a um acordo e estou muito feliz em estar no clube no ano que que completa 100 anos. Quero deixar uma marca nesta minha passagem pelo Santa Cruz. Desejamos fazer uma campanha superior a dos anos anteriores", diz Ramirez.

 
O novo treinador vai trabalhar ao lado do filho, Giovani Ramirez, que será o preparador físico. Betinho será mantido como preparador de goleiros. O treinador das categorias de base, Émerson Fernandes, será o auxiliar técnico.

"Gosto de um futebol ofensivo. Geralmente utilizo três esquemas táticos, privilegiando o jogo bonito. Tenho conhecimento de alguns atletas e vamos analisar aqueles que se encaixam no orçamento da equipe. Não gosto do chamado "pacote" de contratações", destacou o novo comandante do Galo.

Apesar de ser uruguaio, Ramirez diz que sua formação é no futebol brasileiro e revela que tem a característica de aproveitar os garotos da base. "Minha intenção é fazer um trabalho semelhante ao que fiz em outros clubes e que deram certo. Já conversei com o treinador do juvenil (Émerson Fernandes) e vamos observar os jogadores. Pretendo trabalhar com 22 atletas e mais cinco ou seis dos garotos", afirma Ramirez.

A equipe sub-17 do Galo está disputando o Gauchão Juvenil e fez uma campanha excelente no primeiro turno, quando chegou à semifinal e foi derrotado pelo Grêmio nesta quinta-feira, 13. O grupo está em trabalho constante para repetir o desempenho no segundo turno.

O presidente interino, Jorge Boettcher, falou que está muito otimista em relação ao trabalho do treinador no ano do centenário. "O currículo mostra a experiência do técnico e tenho certeza que é uma contratação à altura dos 100 do Santa Cruz". O diretor de futebol, Tuta Almeida, ressalta que apesar da data especial, o clube vai trabalhar dentro das condições financeiras. "Não vamos fazer nenhuma loucura. Estamos trabalhando em busca de atletas e queremos um time competitivo, mas dentro do orçamento. Os jogadores que vierem precisam estar comprometidos em ajudar o clube a fazer uma boa campanha.

A abertura dos trabalhos no estádio dos Plátanos deve ser entre 26 de novembro e 1º de dezembro.


Histórico


Ramirez tem 60 anos e iniciou a carreira de treinador em 1987, quando treinou o já extinto Colorado. Depois ainda passou por outros clubes paranaenses como Cascavel, Paraná, Coritiba e Atlético.

Treinou clubes catarinenses como Criciúma, Metropolitano, Avaí e Marcílio Dias. Foi para o futebol paulista, onde comandou o Bragantino, Guarani, Santo André, São José, Inter de Limeira e o Rio Branco.

Já esteve no Nordeste e no Norte do país. Comandou o Vitória-BA, Santa Cruz-PE, Paysandu-PA e Sampaio Corrêa-MA. Entre os títulos, se destaca o Catarinense de 1993 pelo Criciúma, Copa Norte de 1998 pelo Sampaio Corrêa e as conquistas da Copa Santa Catarina e Sul Brasileira pelo Joinville em 2010.

Treinou o Ituano em 2011 no Paulistão e no mesmo ano, acertou sua transferência para o Brasil de Pelotas, em agosto, quando substituiu Beto Almeida. Foi demitido em setembro após a eliminação do Xavante na Série C do Brasileiro.

Ramirez jogou profissionalmente como lateral. Começou a carreira em 1975, no Huracán Buceo. Chegou ao futebol brasileiro em 1977, contratado pelo Flamengo. Depois jogou no Independiente, da Argentina. Retornou ao Brasil para jogar no Sport em 1980. Ainda passou pelo Ferroviário-CE, Campo Grande-RJ e Pinheiros-PR. Entre 1975-77, foi convocado para a Seleção Uruguaia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário