terça-feira, 14 de agosto de 2012

Rafael Moura é oficialmente apresentado pelo Internacional

Rafael Moura elogiou o grupo colorado e poderá estrear já na próxima quinta-feira

O centroavante Rafael Moura já está integrado ao grupo colorado. O jogador de 29 anos, que teve 100% dos direitos econômicos adquiridos por quatro anos pelo Inter, foi oficialmente apresentado na tarde desta segunda-feira, em entrevista coletiva realizada no CT do Parque Gigante. Após vestir a camisa 19 e falar com os jornalistas, o novo reforço foi trabalhar sob a supervisão do preparador físico Flávio Soares.

Moura poderá ser utilizado já na partida contra o Corinthians, na próxima quinta-feira, no Pacaembu, uma vez que o Inter não poderá contar com os atacantes Forlán e Leandro Damião, convocados para amistosos pelas seleções do Uruguai e Brasil.

Confira os principais trechos da entrevista com Moura:

Primeiras impressões
"Fiquei muito impressionado com a estrutura do Inter. A recepção dos torcedores também foi muito calorosa: para uma segunda-feira, até que tinha bastante gente para me dar boas-vindas. Quero agradecer ao empenho da diretoria do Inter, pois foi uma negociação difícil."

Elogios ao Inter
"Estou muito feliz por fazer parte de um grupo tão qualificado. O Inter tem plenas chances de brigar pelo título e pela quarta participação seguida na Libertadores. Mesmo com os desfalques, está se saindo muito bem. Quando tiver todas as peças terá ainda mais chances."

Objetivos imediatos
"Agora quero me adaptar o mais rápido possível, conhecer melhor meus companheiros, a característica de cada um. Estava treinando normalmente. Falta um pouco de ritmo de jogo, mas agora vou conversar com a comissão técnica para eu possa jogar o quanto antes e o maior tempo possível."

Características de jogo
"Sou um centroavante, que gosta de jogar tendo a bola ou sendo municiado. Venho para somar neste grupo qualificado."

Estilo gaúcho
"Há alguns anos escuto que tenho o estilo gaúcho de jogar,com garra, sem bola perdida. Agora tenho quatro anos para confirmar isso."

Fã de Forlán
"O Forlán é um jogador extraordinário. Sou fã dele. Acompahei a Copa do Mundo em que ele foi muito bem. Temos tudo para ajudar um ao outro dentro de campo."

Motivação, sempre
"Acredito no sucesso tendo como ingredientes a humildade, o trabalho e dedicação máxima no dia a dia de treinamentos. Tem que puxar os companheiros para cima sempre, pois mesmo quem fica de fora em algum momento pode ter oportunidade."

Rivalidade Gre-Nal
"Conheço um pouco. Sei que é muito acirrada. Tenho muitos amigos que já jogaram e me disseram como é a semana que antecede ao clássico. Gosto muitos destes jogos decisivos."

Amigos colorados
"No futebol a gente faz muitos companheiros, mas poucos amigos. O Rafael Sobis, o Nilmar, o Marcão e o Edinho são amigos. Sempre que vinha jogar em Porto Alegre acabava visitando eles. O Nilmar deixou uma mensagem no meu celular gritando 'Vamo, vamo, Inter'."

Admiração por Fernandão
"Ele é um espelho para mim. Tem uma história muito grande aqui no Inter. Tenho muito para aprender com o Fernandão."

Trajetória
O centroavante iniciou a carreira nos times de base do Atlético-MG. Paralelamente ao futebol de campo, Rafael Moura também jogava futsal pelo Minas Tênis Clube, sendo tricampeão brasileiro e artilheiro dos campeonatos. A vivência nas quadras ampliou a qualidade técnica do atacante, que depois de estrear pelo time profissional do Galo, transferiu-se para o Vitória-BA, em 2004.

No final da temporada 2005, após recuperar-se de uma fratura no pé, acertou com o Paysandu. Marcou muitos gols pelo time de Belém do Pará e reforçou o Corinthians no ano seguinte. Foi nesta época que ganhou o apelido de 'He-Man', pela garra e semelhança física que tem com o super-herói.

Em 2007, Moura foi para o Fluminense e conquistou o título da Copa do Brasil. No segundo semestre foi emprestado para o Lorient, da França. Na segunda metade de 2008 retornou para o Brasil para defender o Atlético-PR. No ano seguinte, foi campeão estadual e artilheiro do campeonato, com 14 gols. Em 2010, vestindo a camisa do Goiás, foi destaque na campanha do vice-campeonato da Copa Sul-Americana, sendo artilheiro do torneio, com 8 gols. No começo da temporada 2011 retornou ao Fluminense. Participou da conquista do Campeonato Carioca de 2012.

Ficha técnica:
Nome: Rafael Martiniano de Miranda Moura
Nascimento: 23/05/1983 (Belo Horizonte-MG)
Altura: 1,88m
Clubes: Atlético-MG (2003 - 2004), Vitória (2004); Paysandu (2005); Corinthians (2006); Fluminense (2007); Lorient-França (2007 - 2008); Atlético-PR (2008 - 2010); Goiás (2010) e Fluminense (2011-2012).

Nenhum comentário:

Postar um comentário