terça-feira, 7 de agosto de 2012

Meia João Cléber pode ser denunciado por agressão

Atleta é desfalque confirmado para o Ba-Gua
A expulsão do meia articulador João Cléber diante do Tupi, em Crissiumal, promete uma série de desdobramentos e muito trabalho ao departamento jurídico jalde-negro nos próximos dias. Expulso aos quatro minutos do segundo tempo, após reclamar veementemente, o jogador ainda peitou e empurrou o árbitro Cristiano dos Santos.

O clube vive a expectativa da liberação da súmula para ter ciência do relato do árbitro.De acordo com o integrante do departamento jurídico, Tunai Quintana, a preocupação é de uma possível denúncia do procurador do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

 Caso seja inserido no artigo 254-A, o atleta poderia ficar afastado por no mínimo 180 dias. O documento deve ser liberado em até 48 horas.

- Se houver a denúncia, iremos aguardar ser marcado o julgamento. O processo deve demorar cerca de 20 dias para ser julgado, acredita.

A preocupação e a ansiedade entre a direção, entretanto, é grande. Com uma primeira fase de apenas oito partidas, caso seja punido, o jogador não teria mais condições de defender o clube na competição. Uma estratégia de defesa, no entanto, já começa a ser elaborada.

- O João não possui antecedentes no TJD. Iremos buscar desclassificar para o artigo 250, que aponta ato hostil contra arbitragem. A pena seria de um a três jogos, explica Quintana.

João vai cumprir suspensão automática no clássico Ba-Gua e vai aguardar os desdobramentos da expulsão. Denunciado ou não, a tendência é que o jogador fique a disposição, dia 19, contra a Associação São Borja.

Marcel Nunes - Jornal Minuano

Nenhum comentário:

Postar um comentário