quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Inter oficializa pedido de dupla cidadania para Guiñazu

Guiñazu poderá seguir defendendo a seleção da Argentina
Para amenizar os prejuízos por conta do excesso de estrangeiros, o Inter entrou com a documentação para Guiñazu obter a dupla cidadania. O volante é um dos cinco gringos do grupo colorado, mas apenas três podem ser relacionados para competições nacionais.

O clube já cogitava entrar com o pedido. Quando Fernandão ainda exercia o cargo de diretor técnico, ele teve uma conversa com o camisa 5. A situação evoluiu e El Cholo aceitou o pedido do Inter, até por gratidão aos quase cinco anos de Beira-Rio:


– Está nas mãos do Inter. Só quero jogar. Eles estão tocando. Estou à disposição para ajudar o Inter e concordei com o pedido. Nunca vou negar um pedido do Inter. Estou pronto para ser gaúcho. Vou poder ter a dupla cidadania.

Com a dupla cidadania, ele não deixa de ser argentino, como ocorreria com uma naturalização. Assim, ele poderá seguir defendendo a seleção de seu país, caso continue sendo lembrado por Alejandro Sabella.

Guina reiterou a felicidade em ser convocado pela Argentina. Ressaltou que sempre sonhou em atuar pela equipe albiceleste, e que todo o reconhecimento obtido veio através do trabalho que apresentou em Porto Alegre:


– A seleção é o máximo que um jogador pode alcançar. É uma honra, um orgulho e estou muito feliz. É algo lindo defender a sua seleção. Estou na seleção graças ao Inter, onde ganhei títulos importantes. Tenho que agradecer a cada companheiro. Eles fazem parte disso também.

Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário