sábado, 11 de agosto de 2012

Estádio do Avenida será transformado em Arena


Estádio dos Eucaliptos, no Bairro Avenida, pode virar uma arena multiuso
Um investimento de mais de R$ 100 milhões poderá transformar o Estádio dos Eucaliptos, sede do Avenida, numa arena multiuso com capacidade para 30 mil pessoas sentadas. É o que foi anunciado na tarde desta sexta-feira, 10, em uma reunião seguida de coletiva de imprensa no Hotel Águas Claras, em Santa Cruz do Sul. Estudos técnicos para a elaboração do projeto da obra começam a ser feitos a partir de quarta-feira que vem.

Um grupo de investidores, liderados pela Philomeno Imóveis e Participações S/A, está disposto a transformar o estádio em uma arena. Com o reaproveitamento da área seriam construídos no local um centro comercial, hotel, teatro, cinema, centro de eventos e academia para o clube. Não se descarta inclusive a construção de imóveis residenciais.
O presidente do Avenida, Jair Eich, assinou um protocolo de intenções prevendo a parceria, que inclui o clube e os investidores. A Prefeitura apoiaria o projeto com possíveis isenções fiscais, conforme a demanda do projeto. O principal objetivo é erguer a estrutura rapidamente para a cidade ainda se habilitar como sub-sede da Copa de 2014. Na primeira seleção Santa Cruz ficou de fora, perdendo para Lajeado.
A situação do departamento de futebol do Avenida durante a possível construção da arena ainda está indefinida. No entanto, o clube e os parceiros já teriam confirmado que o Periquito ficaria com um percentual mensal dos futuros lucros do investimento.

PHILOMENO PROCUROU O AVENIDA PARA OFERECER O PROJETO

interesse de construir a arena nos Eucaliptos partiu da Philomeno Imóveis e Participações S/A. O representante da empresa, que esteve em Santa Cruz na assinatura do protocolo de intenções, Carlos Alexandre Gentil Philomeno Gomes, afirmou que a empresa já tem um pré-estudo técnico, mostrando a viabilidade do projeto e do retorno financeiro. "Já atuo há dois anos em Santa Cruz. Daí surgiu meu interesse em fazer esta proposta", contou.

Ainda não existem projetos nem estudos específicos sobre a obra em Santa Cruz. Carlos Philomeno apenas confirmou que já trabalha com alguns números, como a área de 2,5 mil metros qudrados, que pertence ao Esporte Clube Avenida e hoje abriga o estádio e as piscinas. Este local abrigaria toda a estrutura - hotel, centro de convenções, academia, cinema, teatro além do campo de futebol. Philomeno não refutou a possibilidade de buscar mais área no entorno caso o projeto exija.

A primeira visita técnica no estádio acontecerá na próxima quarta-feira. Além das presenças dos representantes do clube e da Philomeno Empreendimentos S/A, são esperados engenheiros para realizar em regime de urgência o ante-projeto. "Queremos ter o projeto final pronto dentro de 60 e 90 dias", disse o empresário.

JAIR GARANTE QUE CLUBE SEGUE INDEPENDENTE

O presidente do Avenida, Jair Eich, demonstrou satisfação ao falar sobre a parceria entre o clube e a Philomeno Imóveis e Participações S/A. "Tenho certeza que o torcedor avenidense ficará muito feliz com a construção de um estádio, que vai valorizar o clube e a cidade".

Eich ressaltou que o Avenida terá muitos ganhos com a parceria. A direção terá preocupação exclusiva com o departamento de futebol, já que a empresa responsável pelo empreendimento terá a incumbência de manter a estrutura física. Ou seja, o Avenida seguirá independente e não vai se transformar em um clube-empresa, ação muito comum no interior de São Paulo, em equipes como o Desportivo Brasil e o Red Bull.
"O Avenida não terá nenhum ganho direto. A parceria vai auxiliar na questão de valorizar a área, com a concentração de atrativos comerciais e ainda um campo com capacidade para 30 mil pessoas. Tudo isso tende a aumentar a visibilidade do clube".
Em 2013, o Avenida vai disputar a Segunda Divisão gaúcha. Com a parceria para gerir a arena multiuso, Jair Eich acredita que o clube terá condições de almejar voos mais altos. "Teremos uma condição melhor, chances de subir à Primeira Divisão e conseguir se manter. O foco será exclusivamente no futebol, o que nos dá expectativa para fazer um bom trabalho nos próximos anos".

ARENA MULTIUSO É A CARTADA FINAL PARA TRAZER A COPA PARA SANTA CRUZ

A parceria está com os olhos voltados para a Copa do Mundo do Brasil, que acontecerá em 2014. A intenção é fazer de Santa Cruz a candidata mais forte do interior do Estado para receber uma das seleções como sub-sede oficial. Por isso a urgência na tramitação das visitas e do projeto. "Caso consigamos trazer para a cidade a qualidade de ser sub-sede, temos os prazos da Fifa para cumprir", explicou Philomeno.

O governo municipal, no entanto, vai esperar até que haja o projeto definitivo para enviar uma nova proposta ao Comitê Olímpico Local (COL). Atualmente a cidade se encontra no segundo escalão gaúcho, com chance apenas de receber delegações suplementares e não de seleções. No Estado, apenas sete cidades têm a alcunha de pleitear a vaga de sub-sede. Caso o projeto ganhe corpo, Santa Cruz poderia correr por fora, como a oitava.

"Estamos atentos, observando a apoiando a iniciativa das partes. No entanto, para podermos enviar uma nova proposta ao COL precisamos analisar o projeto final", disse o secretario extraordinário do PAC, Gerri Machado, que se pronunciou em nome do Executivo.

SHOWS GOSPEL, INTERNACIONAIS E GRANDES EVENTOS

Além de servir como campo de treinamento para uma seleção antes ou durante a Copa do Mundo, grandes eventos também deverão ajudar a sustentar a arena multiuso. Shows internacionais e eventos gospel, como cultos e apresentações musicais, seriam opções em épocas sem futebol ativo no Periquito.
"A região tem uma demanda grande por essas apresentações e não há um local adequado para isso. Uma cidade vizinha, como Lajeado, já tem. Por que Santa Cruz até hoje não tem nada igual?", indagou. Outro ponto forte do empreendimento seria o hotel, de possível bandeira internacional. A rede Ibis, da gigante francesa Accor, já teria demonstrado interesse em ser parceira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário