terça-feira, 14 de agosto de 2012

Calçada da fama do estádio Olímpico começa a ser removida

A previsão é de que ela seja realocada na Arena em novembro, em um passeio que começa no Museu e vai até o final da loja

A história do Olímpico como peça concreta da grandeza do Grêmio estará bem preservada na Arena. Na tarde desta segunda-feira, começou a remoção individual das peças que contemplam a Calçada da Fama do Grêmio. Após encerrar a retirada do painel de azulejos comemorativo à realização da Universíade de 1963, a equipe comandada pela restauradora Alice Prati coloca em prática o processo de remoção da Calçada da Fama do Olímpico, que conta com 41 nomes que marcaram época na história do Clube. O presidente Paulo Odone e o presidente da Grêmio Empreendimentos, Eduardo Antonini, acompanharam de perto o início dos trabalhos.
 
Segundo o presidente Odone, a história do Clube será preservada na nova casa gremista. “O Grêmio muda de casa, mas será sempre Grêmio. Estamos levando a memória do Clube para a Arena. Já queremos inaugurá-la com toda essa riqueza histórica bem viva”, garantiu.

Antonini seguiu a mesma linha do presidente Odone, reafirmando o compromisso de manter viva a história do Tricolor para as futuras gerações. “Desde que começamos a falar em um estádio novo, sempre procuramos deixar claro que preservaremos o que é mais importante para um Clube que é sua história, suas conquistas e sua tradição”, declarou.

A transferência das marcas no cimento é considerada a etapa mais difícil da migração do acervo histórico gremista do Olímpico para Arena: “Tenho 22 anos de profissão e esse será o trabalho mais difícil que eu vou fazer”, confessou Prati, que revelou ter feito um estudo aprofundado em técnicas de paleontologia e arqueologia, já que processo de remoção, limpeza e fortalecimento do suporte é bastante similar. A restauradora explicou também que possui a assessoria da indústria química para utilização de todo e qualquer material que ajude na preservação das peças. Trabalhando dia e noite, a remoção deve durar aproximadamente 15 dias, conforme previu Prati.

Aliás, a preservação do patrimônio histórico do Clube é uma das maiores preocupações desta transferência para Arena. Todo o cuidado está sendo feito para que nada se perca na mudança: “Há quatro meses, o Grêmio começou a elaborar um inventário de todos os bens que possui e agora inicia o processo de remoção das peças. O cuidado é essencial, tanto que contratamos o serviço de uma empresa de recuperação e restauração. Mais do que resgatar a história do Clube, queremos ter este material exposto na Arena”, declarou Cesar Fontanari, arquiteto da instituição e responsável pelo processo de migração do patrimônio para Humaitá.

Sobre a Calçada da Fama, Fontanari salientou: “Queremos manter a integridade do pé e da assinatura em cada bloco de cimento. Depois de retirados, levaremos para Arena onde ficarão em uma posição bem mais protegida”, declarou.

Todo este cuidado conta com a supervisão de Ema Coelho de Souza, diretora do Memorial Hermínio Bittencourt e responsável pelo acervo: “O Grêmio está preocupado com sua história e hoje possui uma coleção extraordinária de material retirada de mais de 50 anos de Estádio Olímpico”, vibrou, enaltecendo que o Grêmio tem a cultura da conservação técnica do seu acervo e de sua memória e que a migração para Arena faz parte deste processo: “É um evento de grande proporção. Estamos aqui garimpando a história”, finalizou.
Confira os 41 nomes atualizados que fazem parte da Calçada da Fama.
HOMENAGEADOS EM 1996
- Patrono Fernando Kroeff
- Adílson
- Airton “Pavilhão”
- Alcindo
- Ancheta
- André Catimba
- Baltazar
- De León
- Edinho
- Iura
- Jardel
- João Severiano
- Juarez
- Leão
- Mazaropi
- Oberdan
- Ortunho
- Oswaldo Rolla “Foguinho”
- Pingo
- Renato Portaluppi

HOMENAGEADOS EM 1999
- Ênio Rodrigues
- Milton Kuelle

HOMENAGEADOS EM 2001
- Marino
- Mauro Galvão
- Valdir Espinosa
- Zinho

HOMENAGEADOS EM 2003
- Altemir
- Áureo
- Sérgio Moacir Torres Nunes
- Tarciso

HOMENAGEADOS EM 2005
- Calvet
- China
- Dinho

HOMENAGEADOS EM 2007
-Luís Eduardo
- Sandro Goiano
- Valdo

HOMENAGEADOS EM 2009
- Cesar
- Danrlei

HOMENAGEADOS EM 2011
- Émerson
- Dr. Hélio Dourado
- Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário