quarta-feira, 11 de julho de 2012

Riograndense participará da Copa Hélio Dourado

A diretoria esmeraldina levou aproximadamente três horas para chegar a decisão de participar da Copa Hélio Dourado. (FOTO: Bruno Tech/ EsporteSUL)
 O Riograndense teve o seu destino traçado na noite desta terça-feira. Em uma reunião que teve aproximadamente três horas de duração no Ninho do Periquito, a nova presidenta do clube, Norma Rolim se reuniu com o conselho deliberativo esmeraldino para definir a participação, ou não do Riograndense na Copa da Federação Gaúcha de Futebol.  

E o resultado final foi sim. O clube irá participar da Copa Hélio Dourado no segundo semestre deste ano, o ano do centenário esmeraldino. Entre os presentes na reunião, estavam nomes como o do vice-presidente Dilson Siqueira, o presidente do conselho deliberativo Volmar Heringer, o diretor de futebol Juliano Leite, o supervisor de futebol Gleno de Jesus, o patrono Cláudio Zappe e os conselheiros  José Luiz Coden e Danrlei Pereira.

Também se fizeram presentes Vadson Scheffer, Alan Marques e Wágner Hoppe, responsáveis pelo desenvolvimento da ação de  marketing do clube. Este setor deverá ser o mais acionado neste segundo semestre, Norma Rolim afirmou que isto será fundamental para que o sucesso do Riograndense se concretize, se tornando uma das alternativas para sanar as dívidas.

A mandatária esmeraldina ainda afirmou ainda que um clube de futebol tem que ter bola rolando, e que a direção tem consciência das responsabilidades e por isso, é fundamental a participação da torcida e de empresas locais para o clube sair da situação de endividamento.

Sobre a decisão tomada em portas fechadas, Norma ressaltou que foram analisados os prós e os contras da participação na copinha e que não foi nada fácil chegar a um consenso. Ainda fez questão de deixar claro que não está assumindo essa responsabilidade sem saber das dificuldades, ela admitiu a consciência das dívidas que o clube tem, apesar de não saber exatamente o quanto ainda se deve.

Um dos assuntos comentados na reunião também, foram contestações ligadas a algumas prestações de contas que o ex-presidente Júlio Cezar Ausani  deixou de fazer antes de deixar o cargo de mandatário do clube.

Bruno Garrido - Esporte SUL

Nenhum comentário:

Postar um comentário