quinta-feira, 28 de junho de 2012

Empresas ajudarão a pagar jogadores do Inter-SM

O presidente Mauro Martins do Inter/SM está respirando um pouco mais aliviado depois do sufoco da Divisão de Acesso. Até o empresário Marcos Rodrigues está enviando recursos para ajudar a quitar os 2 meses e meio de dívidas salariais. Por outro lado, o clube projeta a participação na Copa FGF Hélio Dourado.

A prioridade no Presidente Vargas é fazer o acerto com os jogadores. Nesta quarta-feira (27), aqueles que são de fora de Santa Maria receberam parte do que ficou para trás. Entre sexta e segunda-feira, será a vez dos atletas da cidade receberem algum valor.

Outra notícia boa é a previsão de receita para bancar dez jogadores. São 25 empresas que terão renovação automática de patrocínio porque o clube vai disputar a Copinha.

Projeto 
O projeto está sendo trabalhado. O técnico que orientou a equipe na Divisão de Acesso ainda está com a situação indefinida. Ele poderá ser aproveitado na casamata ou ir para outra função. Para o time, em torno de dez jogadores da base serão aproveitados. Em relação aos profissionais, a prioridade é acertar os débitos.

Cheque
O Inter/SM foi notificado sobre o caso do cheque de R$ 5 mil sem fundo que o jogador Webber recebeu do clube em 2008, na gestão de Carlos Rempel. O documento, emitido com o valor de R$ 3 mil, somado aos juros ficou em R$ 5mil. O advogado do atleta, Luiz Guilherme do Prado Veppo Júnior, pediu a falência do clube para garantir o pagamento. O Inter/SM tem dez dias para contestar a ação. O advogado do clube, Valtezer Michels, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Jornal A Razão

Nenhum comentário:

Postar um comentário