segunda-feira, 4 de junho de 2012

Badico é confirmado como técnico do Bagé

Badico está atualmente no Farroupilha
 O Salão de Festas do Pedra Moura ficou repleto de torcedores, cerca de 130 pessoas, para o jantar-dançante de apresentação do projeto “Bagé do Futuro”. Agregando diversas áreas específicas do clube, como futebol profissional, categorias de base e estrutura física, o plano de desenvolvimento impressionou e surpreendeu aqueles jalde-negros mais conservadores. A noite invadiu a madrugada com o bufê, seguido da música ao vivo do cantor Gésner. Confira alguns dos principais trechos da apresentação:

Badico é o técnico 
O diretor de futebol Marco Aurélio Egas foi o primeiro a falar. O dirigente exaltou a mescla de juventude e experiência na formação do departamento, além de confirmar as contratações do atacante Gêison, do lateral esquerdo Vainer e do técnico Rinaldo Lopes, o Badico.

Ao citar a quinta colocação do Bagé no ranking da Federação Gaúcha de Futebol, falou sobre a responsabilidade da atual gestão.


- Estamos apenas atrás de Grêmio, Internacional, Juventude e Pelotas. Temos que ter a noção da grandeza do clube que representamos, declarou.

Na oportunidade também foi ressaltada a intenção de contar com 25 jogadores no grupo e repassada a lista de jogadores já contratados para o segundo semestre, sendo eles:

Goleiros: Fernando Costa e Dodô
Laterais: Pedro Jr., Weverton e Vainer
Zagueiros: Héberson, Arruda e Leandro Magrão
Volantes: Dieison, Evandro, Luciano Rita e Rodrigo Dias
Meias: Juninho Oliveira, Hiroshi, Fernando e Alex
Atacantes: Rodrigo, Mano Garcia, Gêison e Tainã.  

Projeto Favo de Luz 
Elaborada pela empresa Idealize, de Monte Negro, o Favo de Luz tem como foco o investimento nas categorias de base e na prática social na Rainha da Fronteira. Aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), o projeto prevê a criação de escolinhas, a partir dos nove anos, a manutenção de equipes sub-15 e sub-17 e uma parceria com o Caminho da Luz e Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

 Enriquecem a base do projeto a previsão das construções de duas academias, uma delas adaptada para deficientes, uma nova arquibancada, atrás da goleira dos fundos do Pedra Moura, camarotes, um campo de grama sintético coberto, a reforma dos vestiários e um Centro de Treinamento no Complexo Esportivo Presidente Médici. De acordo com o elaborador do plano, Alex Mello, as alterações são projetadas para ocorrem a longo prazo.


- Acredito que entre três e quatro anos poderemos ter um resultado bem satisfatório, programa.

Clube e estádio revitalizados
O ponto alto do trabalho, no entanto, foi apresentado na reta final do encontro. No momento em que as instituições no país projetam inovações e construções de novas “casas”, o Bagé se mostra audacioso. Sob o comando de Gabriel Alcalde, integrante do departamento de patrimônio, uma maquete digital reproduziu um Pedra Moura completamente revitalizado.

 O objetivo seria tornar o jalde-negro um clube social, com diferentes fontes de arrecadação. Desde o acesso principal ao estádio seria alterado, com ampliação do pavilhão e cobertura total sobre os acentos. Uma medida que daria ao local uma capacidade para receber sete mil torcedores sentados. Camarotes a altura do gramado e das próprias cadeiras, além de restaurante, integram o conjunto de ideias.

 Com essas ampliações seriam analisadas as construções de 10 salas comerciais anexadas ao Pedra Moura, cada um com cerca de 90 metros quadrados. Uma arrecadação avaliada em cerca de R$ 95 mil por temporada.


- Este é um proto base que será finalizado até o ano que vem. Os investimentos serão iniciados de acordo com a disponibilidade financeira do clube.

Viabilidade do projeto
De acordo com o presidente Carlos Alberto Ducos, a realidade é que o investimento será realizado gradativamente. Com obras em andamento desde a temporada passada, o mandatário salienta que além dos vestiários, o clube deverá anunciar novidades até dezembro.


- A quadra está em processo adiantado de execução e temos a intenção de começarmos em breve a construção de camarotes, informa.

Marcel Nunes - Jornal Minuano

Nenhum comentário:

Postar um comentário